Este é o dia

Sabe aqueles cheiros, gostos e sons que nos trazem à mente a nítida lembrança de algo que ficou marcado em nossa memória, apenas esperando um empurrãozinho dos outros sentidos para ser recordado? Então podemos sentir aquele lugar, pessoas, acontecimentos de maneira tão vívida e real? Foi isso que experimentei quando me deparei com o tema... Continue lendo →

In memorian!

O tema do mês de agosto, "alegrai-vos sempre", gerou um paradoxo em mim. Há 14 dias o meu pai morreu, e agora lá vou eu escrever sobre alegria... Ele estava com 76 anos. Aos poucos minha ficha vai caindo, porque, vamos combinar, somos brasileiros, latinos, e nunca estamos preparados para morte. Será? O Luciano era... Continue lendo →

Espelho

Um dia, em uma conversa com o Laurence (meu marido), falávamos sobre as facetas de Deus. Uma delas é a criatividade. Venho de uma família de artistas, todos cantamos, meu irmão mais velho compõe, meu pai e eu desenhamos e pintamos, meu irmão mais novo é designer. Minha mãe tem muitas habilidades manuais e assim... Continue lendo →

Amor, você é feliz?

Certa vez, em uma daquelas conversas despretensiosas que se tem antes de dormir, fiz uma pergunta (retórica) ao meu marido: “Amor, você é feliz?”. Fiquei olhando para o teto do quarto enquanto esperava um grande e sonoro “sim”, afinal, quem me conhece sabe que eu sou uma pessoa pra cima, positiva, entusiasmada e, de forma... Continue lendo →

Dias de Hardy?

Quando eu era criança, assistia a um desenho onde uma hiena vivia a reclamar de tudo que lhe acontecia. Quem já tem algumas décadas de vida vai se lembrar da hiena Hardy e seu bordão: “Eu sei que não vai dar certo... Oh, dia! Oh, céus! Oh, azar...”. Quem nunca teve um dia de Hardy,... Continue lendo →

Entre a Justiça e a Paz

Toda a história da humanidade é marcada por conflitos, sejam eles políticos, sociais, religiosos ou interpessoais, os quais englobam os mais variados motivos e pretensões. Podem ser de fato legítimos, oriundos, por exemplo, de direitos violados, bem como podem ser mesquinhos e superficiais, cujas fontes são sentimentos e atitudes individualistas e até mesmo de vingança.... Continue lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: