Um mês todo especial

Agosto chegou!!!! Ihuuullll!!!!! Amo, amo, amo o mês de agosto. Não sei se hoje em dia ainda tem isso, mas antigamente e até quando eu era pequena, lembro de ouvir as pessoas falando sobre o mês de agosto e todas as superstições ligadas a ele. Agosto era o mês de cachorro louco, mês do desgosto e ninguém se casava em agosto. E pra piorar, é um mês em que em quase todo o Brasil chove pouco (ou nada), venta muito e enche tudo de poeira.

Mas eu amo o mês de agosto!!! Agosto foi o mês que Deus escolheu para me dar o meu presente mais lindo: meu primeiro filho!!! Ainda é o único, mas espero em Deus que seja o primeiro de uma turminha, amém igreja??? Hahahaha!!! O tema deste mês é a alegria, “alegrai-vos sempre no Senhor.” E um filho, sem dúvida, nos enche de alegria, nos conecta mais a Deus, nos faz entender um pouquinho melhor sobre o que é esse amor imenso do nosso Pai celestial por nós.

Outro motivo pelo qual amo o mês de agosto é que foi o mês escolhido pela Igreja Presbiteriana do Brasil, da qual eu faço parte há 9 anos, para ser o mês de Missões; o mês em que as igrejas se voltam mais especificamente para este tema: missionários, campos a alcançar, como despertar e envolver a igreja, etc. E eu como missionária não poderia deixar de me alegrar muito com isso. Sempre nos convidam para pregar em alguma igreja nessa data para contar do nosso trabalho e outras muitas nos pedem fotos, vídeos, relatórios e motivos de oração.

Ser missionária é algo que me faz muito feliz e realizada. É um sonho antigo, desde adolescente. Um sonho que eu acalentava e que não sabia se um dia seria possível, se um dia eu me tornaria digna de realizar essa tarefa. Aí eu descobri que não sou. Não sou nem nunca serei digna disso. Mas aí também descobri que ninguém é! Mas também descobri a graça. A maravilhosa e sublime, incompreensível graça de Deus!!! Que transforma pecadores indignos em pecadores salvos e nos faz trabalhadores da sua grande seara.

Nesse ano de 2017 eu tenho sido muito feliz. Tenho me sentido tão realizada que às vezes dá até medo!!!! Hahahah! Não fiquei rica, não conquistei um corpo sarado nem comprei o carrão do ano. Mas eu olho em volta e vejo tanto motivo pra agradecer que eu não consigo conter a gratidão!!! Olho o meu filho crescendo e se desenvolvendo, cada dia mais esperto e falante. Fico olhando ele comer e chego a me emocionar! Não é conversa fiada não, eu me emociono inclusive agora enquanto escrevo esse texto!!! Antes dele nascer eu tinha tanto medo de um dia ter que vê-lo passar por alguma privação e agora vejo ele tão bem vestido, bem alimentado, bem suprido! Não nos falta nada!!! Olho pro meu marido e vejo o homem que eu escolhi (e que também me escolheu) e mesmo com nossas lutas chegamos aqui, nos nossos 8 anos e meio de casados e posso dizer sem medo: o casamento está muito melhor agora do que no nosso primeiro ano. E não tem mérito nenhum nosso, foi tudo por causa da bondade e graça de Deus. Olho pra fora e vejo a aldeia onde moro e quase posso ouvir Deus falando: “Fui em que te trouxe aqui!”. Tem coisa mais maravilhosa que isso??? Saber que você está servindo a Deus com seus dons e talentos e cumprindo um chamado de Deus???

Tem gente que nos acha loucos por levar a vida que nós levamos (de missionários). Eu acho que loucura é passar a vida toda sem se dedicar com paixão a nada! Sem fazer alguma diferença no mundo e na vida das pessoas e principalmente, sem querer saber o que Deus tem planejado para você! Loucura é passar a vida toda sempre se lamentando ou pior, se desgastando por aquilo que você ainda não tem e deixar de se alegrar e agradecer por aquilo que você já tem.

Eu sei que é mais fácil falar sobre ela do que viver a alegria. Mas é aí que entra a vida com Deus. Não é de mim que vem essa alegria. Vem de Deus. Eu não estou todos os dias nem todas as horas do meu dia feliz, sorridente e contente. Mas quando não estou, eu sei em quem buscar. Quando chega a tragédia, a dor, a tristeza, e até o mau humor, eu sei a quem recorrer e sei quem é que vai me ajudar. E é só Deus.

O mau humor, a insatisfação, a murmuração, são males que estão afetando a toda a sociedade e afeta também os cristãos. Mas não devemos nunca nos esquecer que “a alegria do Senhor é a vossa força” (Ne 8:10). Não temos nada de bom em nós mesmas, mas conhecemos aquele que tem e que quer nos dar. Não perca seu tempo com ingratidão, murmuração, mau humor e azedume.  Alegre-se! Traga à memória aquilo que te dá esperança. Agrada-te do Senhor, coloque o seu coração e a sua esperança nas mãos daquele que te ama com amor eterno e que te criou com suas próprias mãos. Obrigada, Senhor pelo lindo mês de agosto!

 

Fotografia: Gabriel Silvério on Unsplash

Escrito por

Mineira, 35 anos, casada há 9 anos com um lindo rapaz que conheceu aos 15, tem um filho de 4 anos que é um "colosso". Ela acredita que tudo isso é muito mais do que merece ou sonhou alcançar. É a graça enorme do nosso poderoso Deus. Atualmente serve ao Senhor na Missão Caiuá, no Mato Grosso do Sul, trabalhando com indígenas. Gosta muito de conversar, escrever e viajar.

4 comentários em “Um mês todo especial

  1. AMEM! RSRSRS CONCORDO PLANAMENTE COM SUAS PALAVRAS ADORO TBM ESSE MÊS POIS FOI O MÊS QUE DEUS ME DEU A VIDA COMO NÃO SE ALEGRAR KKKKK E SUA PALAVRAS SÃO ENRIQUECEDORAS E PEÇO SEMPRE A DEUS PARA ESTA SEMPRE ABENÇOANDO SUA FAMÍLIA LINDA E DANDO MUITA SABEDORIA E CONDIÇÕES PARA CONTINUAR NESSE TRABALHO LINDO!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s