Aquiete-se e espere

O clima aqui em Vianópolis – GO, nesta época do ano, é muito seco e a chuva é algo que esperamos ansiosamente. Quando ela chega, é uma festa! Ela se torna algo de muito valor. Gosto muito de chuva, exceto aquelas tempestades assustadoras.

No ano passado, num dia bem seco, estava meditando na Palavra de Deus e orando. Naquele dia pedi que Deus enviasse chuva (já havia pedido outras vezes). No entanto, percebi que estava querendo murmurar porque a chuva não chegava logo. Lembrei-me que, no ano retrasado, a chuva havia demorado mais para chegar e eu não reclamei. Por que murmurar dessa vez?

Outro pensamento que veio a minha mente é sobre a situação no sertão nordestino. Eles ficam sem chuva por quase todo o ano e quando ela vem é tão pouca, mas o povo nordestino se alegra e festeja.

Esperar não é algo nada bom para nós que vivemos num mundo onde tudo acontece numa velocidade tremenda e exige-se que vivamos sempre em atividade, além disso, naturalmente não somos tão pacientes. Mas voltemos ao assunto da chuva.

Decidi não reclamar e esperar o dia que ela finalmente chegaria. E o dia em que ela chegou, minha alegria era indescritível. Observava-a como uma criança vê a chuva pela primeira vez. E meu desejo era sair correndo sob as gotas, brincando e cantando, feito criança mesmo. Já fiz isso, algum tempo atrás, com uma amiga. Foi uma sensação gostosa demais!

Mas dessa vez fiquei só observando. E por alguns dias, fiquei pensando sobre minha alegria ao ver a chuva e sobre o fato de esperar. Dei muito mais valor a ela. Valeu a pena esperar e usufruir cada momento.

E, agora, escrevendo este texto, lembrei-me de uma situação em que passei – sobre mudança de ministério. Foi um tempo em que eu precisava esperar. Quer saber de uma coisa? Não queria esperar. Queria que tudo fosse resolvido logo e que eu já soubesse o que deveria fazer e onde seria meu próximo local de trabalho. Estava ansiosa e agitada. Minha mente só se ocupava disso e eu não vivia, apenas sobrevivia a cada dia.

Lembro-me que dizia a mim mesma: aquieta, minha alma; espera em Deus; você ainda vai louvá-lo. E dizia a Deus: faz meu coração ouvir tua voz; ajuda-me a esperar, ter paciência e descansar. Aquieta minha alma.

Esperar não é fácil para mim. Esperar, como diz o dicionário, significa: não agir, não tomar decisões; não desistir de algo, até a efetuação de um evento que se tem por certo, ou provável, ou desejável; considerar como provável, com base em indícios; estar ou ficar à espera de… (Houaiss eletrônico).

Só que naquele momento eu queria agir, mas não tinha nenhuma direção e, por isso, tinha que aquietar e esperar.

Gosto muito quando a Palavra de Deus diz:  “Mesmo quando não havia nenhuma razão para esperança, Abraão continuou esperando, crendo que se tornaria o pai de muitas nações. Pois Deus tinha falado para ele: ‘Assim serão seus descendentes’. “ (Rm 4.18 – Viva)

Abraão estava olhando para Deus e confiante na Sua Palavra.

Muitas vezes, não teremos ou veremos aquilo que esperamos, mas Deus vai nos dar aquilo que precisamos e continuará moldando em nós o caráter de Cristo. Esse é o desejo de Deus.

Quando estava esperando uma resposta de Deus quanto à mudança de ministério, algumas áreas de minha vida foram lapidadas para melhor servir a Ele. A resposta de Deus não foi exatamente o que eu previa, mas foi o melhor que pude experimentar. Pude colher ótimos frutos de alegria, paz, esperança, renovo, satisfação em obedecer a Deus e continuar servindo-o da maneira que Ele desejava. E acredito que o mais importante não era onde eu iria trabalhar, mas o que Deus queria alcançar em meu coração através daquela situação de espera.

Precisamos aprender a esperar, por isso teremos muitas situações que exigirão isso. Seja qual for a resposta de Deus, sim, não ou continue esperando, com certeza essa é a maneira d’Ele demonstrar seu amor e cuidado por nós e é como se Ele nos dissesse: AQUIETE-SE E ESPERE, POIS EU TE AMO E TENHO ÓTIMOS PLANOS PARA VOCÊ.

“Esperei com paciência pelo Senhor, e ele se inclinou para mim e ouviu o meu clamor. “ (Sl 40.1 – JFA)

Fotografia: Mike Kotsch on Unsplash

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: