E agora? Onde Deus está?

Perdas, doença, separação, dificuldades financeiras, acidentes, desastres, desemprego, e tantas outras situações que nos fazem sentir sem chão e nos levam a questionar a Deus. Geralmente nossa pergunta é: Por que isso aconteceu comigo? Por que coisas ruins têm acontecido?

Numa mensagem de Roberto Neves Amorim, ele diz que nesse mundo caído, marcado pelo pecado, nossa pergunta deve ser diferente: Por que tantas coisas boas ainda acontecem num mundo tão ruim?  Porque, na verdade, Deus é bom.

Adão e Eva viviam num mundo perfeito e desfrutavam de uma amizade maravilhosa com o Pai. Todos os dias, deliciavam-se com as conversas amorosas e sábias do Criador e Pai Eterno. Imagino que, além de uma conversa como amigo, Deus dava diretrizes para viverem naquele lindo jardim e glorificá-lo, para que seu propósito fosse cumprido. É até difícil imaginar como era viver sem conhecer o mal.

Depois do pecado, Adão e Eva foram expulsos do paraíso e perderam aquela comunhão significativa e amizade tão íntima que tinham com o Pai. E porque Deus é bom, grande em misericórdia e amor, traçou um plano para nos reconciliar com Ele, através de Jesus.

No entanto, ainda estamos neste mundo caído e lutamos com o pecado e com nossas fraquezas, até chegarmos ao lar eterno com o Pai. Enquanto isso, Deus continua trabalhando para que sejamos parecidos com Ele, pois nos criou à Sua imagem. Por isso, entendo que as tempestades da vida são maneiras e oportunidades para Deus forjar o caráter de Cristo em nós.

Em uma das tempestades que passei recentemente, senti-me tão frágil, tão incapaz! Não sabia o que Deus desejava mostrar para mim. Só via o meu sofrimento, as incertezas, as perdas. Minha irmã, com um doce olhar e sábias palavras, me disse que Deus não estava permitindo aquela tempestade para me destruir, mas para me fortalecer.

Essas palavras se alojaram em meu coração e pedi a Deus que me ajudasse a crer no plano dEle em minha vida. Não precisava entender tudo, apenas crer que Ele estava no controle e nada estava além do que eu poderia suportar. Ele estava comigo, mesmo que eu não O sentisse tão perto. Também pedi a Deus para me ajudar a aceitar tudo o que estava acontecendo comigo.

No capítulo 4 de Marcos, temos um fato que mostra como os discípulos reagiram a um grande temporal de vento e o que Jesus queria ensinar-lhes:

 “Naquele dia, quando já era tarde, disse-lhes: Passemos para o outro lado.  E eles, deixando a multidão, o levaram consigo, assim como estava, no barco; e havia com ele também outros barcos.  E se levantou grande tempestade de vento, e as ondas batiam dentro do barco, de modo que já se enchia.  Ele, porém, estava na popa dormindo sobre a almofada; e despertaram-no, e lhe perguntaram: Mestre, não se te dá que pereçamos? E ele, levantando-se, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E cessou o vento, e fez-se grande bonança.  Então lhes perguntou: Por que sois assim tímidos? Ainda não tendes fé?” (Mc 4:35 -41)

Quero fazer algumas considerações e aplicações desse texto:

  1. Jesus conduziu os discípulos para a tempestade: “Passemos para o outro lado.”. Jesus é onisciente: sabia da tempestade e da reação dos discípulos, mas continuou com seu plano. Da mesma forma, Deus permite tempestades em nossas vidas, para o nosso bem.
  2. Jesus dormia, provavelmente porque estava muito cansado e por essa razão atravessaram para o outro lado para fugir das multidões. Os discípulos achavam que Jesus não se importava com eles. Muitas vezes, essa é nossa reação e pensamos que Deus está dormindo e não se importa, mas isso não é verdade. Se crermos como uma verdade, afetará nossa maneira de agir e viver. Precisamos sempre trazer à memória quem Deus é.
  3. Jesus acalma a tempestade e confronta os discípulos quanto a fé deles. Deus permite as tempestades e as acalma no tempo apropriado, para que nossa fé seja provada.

O ourives mantém um pedaço de prata sobre o fogo e o deixa aquecer. Deve-se manter a prata no meio do fogo onde as chamas são mais quentes para que as impurezas sejam totalmente eliminadas.  O ourives fica sentado em frente ao fogo o tempo todo que a prata está sendo refinada e seus olhos fixos nela.  A prata estará completamente refinada quando o ourives pode se ver nela. Assim como o ouvires no processo de refinamento da prata, Deus está moldando nossas vidas até que a imagem dEle seja vista em nós.

Meu desejo e oração é que, quando as tempestades vierem novamente, eu possa reagir diferente: acalmar-me e pôr a esperança no Senhor. E que eu e você possamos descansar nos braços do Pai, com total confiança, como diz o Salmo 131:2

Pelo contrário, tenho feito acalmar e sossegar a minha alma; qual criança desmamada sobre o seio de sua mãe, qual criança desmamada está a minha alma para comigo.”

 

Fotografia: David Marcu on Unsplash

 

 

 

Escrito por

Sou Dulcinéia, mas me chamam de Dulce. Nasci no sertão da Bahia, no entanto fui criada em São Paulo. Conheci o Salvador na adolescência. Aprecio começar o dia aos pés de Jesus, depois de ‘acordar’ com um delicioso café. Ensinar é uma das paixões de minha vida. Gosto de animais de estimação, trabalhos manuais, me encanto com a sinceridade e imaginação das crianças e fico admirada com as lindas histórias de vida daqueles que já estão quase na reta final. Boas leituras e passar tempo com os amigos também fazem parte dos meus momentos de prazer e descontração. Sou solteira, missionária da MNTB e atualmente trabalho no CTMS, Vianópolis – GO.

4 comentários em “E agora? Onde Deus está?

  1. Sou grata a Deus por conhecer este blog, conhecer o trabalho destas missionárias. Muito tenho aprendido e tem gerado em mim muitas reflexões.

    Obrigada Dulce por compartilhar sua experiência, seu conhecimento, mas principalmente por dar seu viver à causa do Senhor. Um grande beijo. Deus abençoe você ricamente.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s