Alicerce seguro para não desabar!

Um acontecimento que abalou nosso país recentemente foi o desabamento do edifício Largo do Paissandu, em São Paulo. Várias causas foram investigadas, mas os principais fatores listados foram acúmulo de material altamente inflamável, que acelerou o incêndio, como também deixou as estruturas centrais mais vulneráveis, levando ao desabamento. Foi também importante descobrir onde começou o fogo, porém não vou entrar em detalhes sobre as teorias do local de início, mas vou me ater ao fato de que houve um acidente e um foco inicial do incêndio.

Percebemos aqui, que uma catástrofe não acontece com apenas um fator, mas um conjunto de fatores, que abalaram uma estrutura de mais de quatro décadas: uma situação desencadeadora, materiais frágeis e uma estrutura abalada.

Independentemente do tempo que temos de vida cristã, acontecimentos externos – acidentes, doenças, perdas em geral ou tragédias – podem ser as causas iniciais de vários tipos de transtornos e problemas em nossas vidas. E a pergunta que deixo para nós é: Como passar por essas situações e não desabar? Como podemos passar por situações difíceis, como um “incêndio”, sem deixar que nossas estruturas cedam, pelo calor, pressão ou pelos pesares da vida?

Para sustentar uma casa ou uma construção qualquer precisamos de bons alicerces. Lembro-me quando foram construir um muro na frente da casa que morávamos. Gastaram quase uma semana apenas para fazer o alicerce. Ficamos com a frente desprotegida por umas duas semanas, e minha pressa queria logo ver aqueles tijolos subindo. Colocaram ferros embaixo, ferros no meio, por fim mais ferros na parte superior, terminando o trabalho. Foram gastos dois meses, para uma tarefa que eu julgava simples. Mas eu nunca havia observado com detalhes, como nessa oportunidade. Comentando com meu marido, sobre o tempo de construção, ele fez a seguinte afirmação: nada derruba esse muro tão facilmente”!

Para permanecermos firmes e estáveis diante das circunstâncias adversas que nos surpreendem, e não desabarmos, precisamos criar alicerces de forma cuidadosa, pautados na palavra de Deus. Como diz o salmista, “em Ti confiam os que conhecem o Teu nome” (Salmo 9:10), precisamos conhecer a fundo o nosso Pai. À medida que  o conhecemos, confiamos e não nos abalamos.

Gostaria de destacar aqui um alicerce que não pode faltar em nossas vidas, a fim de passarmos por esses momentos. Poderia listar outros necessários, mas vou me ater apenas em um, de extrema importância.

O Alicerce da Soberania de Deus

Deus é soberano, ou seja, Ele sabe o que está fazendo, tem um propósito em todas as coisas e controla todas as coisas.

Às vezes podemos olhar à nossa volta e pensar que tudo está fora de controle. Mas o Senhor tem o domínio do Universo. A soberania d’Ele tem haver com plano!  Para Seu povo e para o mundo, e Ele o está cumprindo.

A resposta certa para a pergunta “mas o que o Senhor está fazendo? ” é “O Senhor está cumprindo o Seu plano”. O projeto principal do Senhor em nossas vidas é nos formar à imagem do Senhor Jesus Cristo, e podemos ver isso em Romanos 8:28-29. Texto esse que jamais deve ser usado de forma isolada.

Sabemos que Deus age em todas as coisas para o BEM daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. Pois aqueles que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.” (grifo meu)

Aqui podemos destacar duas verdades:

  • O Senhor age em todas as coisas com um objetivo

Todas! Nada escapa, seja no ônibus que você perdeu, no acidente, no emprego, na doença, na conquista… todas! E é para o bem. Eis a questão: Se interpretarmos o verso 28 sem o 29 poderíamos dar a definição que quiséssemos para esse “bem”. E como somos seres egocêntricos, é claro que as coisas deveriam acontecer para o bem que eu desejo (não ficar doente, não perder o emprego, etc). Mas, como somos fiéis à interpretação bíblica, não vamos isolar o texto, e vamos perceber que o verso 29 complementa o anterior, pois inicia com a conjunção “pois” (regrinha básica do Português). Então, ora pois, esse texto deixa claro que:

  • O Senhor nos predestinou para sermos conformes à imagem de Seu Filho

Logo, eu posso chegar à conclusão de que o maior bem do Senhor é me tornar a imagem de Jesus Cristo, pois não existe bem maior do que fazer parte dessa família maravilhosa, na qual fomos adotadas, e podermos chamá-Lo de Papai, Aba Pai.

Fazendo a leitura correta desses versos, podemos considerar então que Deus age em todas as coisas (seja qual for a circunstância) para que nós, suas filhas, as que O amamos, que fomos chamadas segundo o seu propósito, sejamos conformes à imagem de Jesus. Sendo assim, seja um pequeno imprevisto, ou em um grave acidente, devemos olhar com os olhos da soberania de Deus.

Nem sempre é fácil. Lembro-me quando sofri um acidente de carro quando ia de Jacutinga a Monte Verde/MG com mais três seminaristas comigo, um deles era meu marido, que na época era quase noivo. Estava chovendo e o carro derrapou na pista,  capotou várias vezes e caímos no escuro, num lugar sem sinal da estrada. Eu não tinha seguro e foi perda total. O Senhor livrou a nossas vidas sem sequelas graves, um verdadeiro milagre. Eu sou grata até hoje por esse livramento, mas na época foi difícil pois o carro era de grande importância na minha vida. Meu pai estava com uma doença terminal e o carro seria muito útil.

A cada dia que eu tinha que depender de alguém para leva-lo aos médicos, consultas e afazeres, eu recorria a esse alicerce e dizia: “Senhor, eu não sei qual seu plano, mas entendo que essa situação quer me fazer à imagem de Jesus. Se preciso ser mais humilde, dependente, paciente, não quero reprovar nessa lição. Aceito seu trabalho, e quero me alegrar no Senhor.” Foram dois anos tendo que depender de irmãos da igreja e veículos emprestados.

O Senhor está cumprindo o Seu plano, que é eterno e não se baseia apenas em nossas vontades ou desejos, mas em algo muito maior.

Ficar doente, sofrer acidentes, sentir dores, perder bens… Todos os seres humanos são expostos aos mesmos fatores de riscos. O que muda? Tudo depende da perspectiva e de sua posição. Falo da posição de filha de Deus, de quem está segura nos braços do Senhor, e participante de Seu plano divino.

Sendo assim, ainda que um incêndio inicie, e gere problemas na “utilização do prédio”, sua percepção e convicção de quem Deus é, sua confiança Nele e em Sua Soberania impedirão que seu alicerce seja destruído por qualquer calor, e você será aprovada por Deus. Refeita à imagem de Cristo.

Se pensamos que nosso fardo é muito pesado, é preciso então conhecer mais Jesus. Ele viveu no anonimato por 30 anos, foi traído, injustiçado, rejeitado pelos que eram seus, humilhado, cuspido, foi servo, foi obediente, entre outras muitas coisas.

Um desabamento nunca acontece por um único fator, lembra? Não somos abaladas apenas por um foco inicial de incêndio. Muitas vezes procuramos na superfície o que na verdade tem raízes profundas.

Se aprendermos a olhar as circunstâncias da vida sob a perspectiva da soberania de Deus, nada derrubará seu muro tão facilmente”!

Fotogafia: John Hult on Unsplash

Escrito por

"Uma quase Campineira, casada com um baiano que conheceu no Instituto Bíblico Peniel, onde se formaram em Teologia, e uniram duas culturas diferentes, o que tem tornado suas vidas mais empolgantes e cheias de amor. É psicóloga, gosta de ler, ouvir boa música, apreciar o pôr do sol e tomar uma Coca com amigos. Nos últimos 2 anos, serviram ao Senhor em Campinas/SP, onde seu marido foi pastor auxiliar, de jovens e adolescentes. Agora, decidiram continuar o treinamento para o trabalho missionário com povos transculturais. Ambos desejam alcançar os que ainda nunca ouviram falar sobre Deus."

4 comentários em “Alicerce seguro para não desabar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s