Para Bia, com amor.

Certa vez li em um site na internet: “Se você pudesse se sentar e conversar durante uma hora com qualquer pessoa, quem você escolheria?” Eu gosto dessas perguntinhas que podem parecer uma brincadeira leve e despretensiosa, mas que no fundo nos fazem parar um pouquinho e pensar. Acredito que você aí deve estar pensando em quem você escolheria… acertei? Haha! Talvez você escolhesse um artista que você gosta, ou alguma pessoa querida que já faleceu e que você sofre com a saudade.

Isso também me passou pela cabeça, inicialmente. Mas depois, pensando bem.. sabe com quem eu queria me encontrar? Eu gostaria de me encontrar comigo mesma, no passado. Queria encontrar a Beatriz com seus doze anos de idade. Eu já vinha pensando nisso e essa semana, ao me deparar com fotos antigas minhas e de amigos da minha adolescência, a vontade bateu mais forte ainda.

Ao olhar aquelas fotos me vieram muitas lembranças. Lembranças boas e ruins. Me lembrei da empolgação ao me preparar para um acampamento da minha igreja, lembrei de amigos queridos que infelizmente a distância e a correria da vida terminou por afastar, lembrei da comunhão doce e sincera que eu tinha com Deus. Parece que eu o ouvia falar muito mais pertinho de mim do que eu ouço agora. A minha fé com certeza era mais pura. Como a certeza que uma criança tem de que seu pai vai lhe segurar se ela pular em direção a ele.

Mas também me lembrei de experiências ruins. Me lembrei de quando percebi que algumas amigas não eram minhas amigas de verdade. Que não tinham a mesma consideração e respeito que eu tinha por elas. Me lembrei da horrível sensação de ser fora do “padrão” de beleza da época, de ser inferiorizada por alguns por não usar as roupas da moda e o esforço que eu fazia para filtrar tudo isso e só reter o que era bom.

E o que eu falaria para a Bia de doze anos se eu me encontrasse com ela hoje? Eu diria:


“Querida Bia. Quando você estiver com trinta e seis anos (ui!) você vai olhar para as suas fotos de agora e vai se achar linda. Você não acredita nisso hoje, mas pode acreditar: você é linda. Não se deixe abalar por olhares, comentários e sorrisinhos maldosos dirigidos a você. Essas meninas e meninos que hoje se acham tão superiores, na verdade não são nada disso. Muitos deles até mesmo agem assim por serem inseguros. Muito mais inseguros do que você pensa que é.

Sabe o garotão que você acha lindo e que nem olha pra você? Não se preocupe. Daqui a alguns anos você vai olhar pra ele e vai ver que ele também não é o tipo de pessoa que você gostaria de ter ao seu lado. Ele não é nem sombra do companheiro que Deus já escolheu e reservou para ser o seu príncipe encantado. Ele sim é uma pessoa pela qual vale a pena esperar.

Sabe a “Rainha do Baile”? Pois então… não fique triste porque ela já teve vários namorados e você ainda não. Ao longo da vida ela vai se decepcionar tantas vezes por ter começado tão cedo e valorizado o que não é importante, que vai chegar ao ponto de não saber mais quem ela é. Aquela pose de mulher segura é só um disfarce. Dentro daquele coração mora uma menina indefesa e desprotegida. Desesperada por amar e ser amada. Só Deus pra ajudá-la a se encontrar!

E sabe o que mais? Não mude o seu jeito de ser para agradar ninguém. Quem é seu amigo de verdade, gosta de você assim, exatamente como você é. Quando a gente tenta fazer um papel que não é o nosso, acabamos fazendo papel de ridículo. Não faça nada que te deixe desconfortável só pra parecer “descolada”.

Com o tempo você vai ganhar mais e mais maturidade e essas coisas que hoje parecem gigantes não vão te incomodar mais. Aproveite sua juventude. Faça muitas amizades, se divirta muito. Lembre-se de estudar mais também. Insista com o seu irmão (chato) para te ensinar Matemática. Isso vai te fazer falta lá na frente. Se você não quiser sair de casa, não saia. Ninguém tem nada com isso!!! Invista mais na leitura, que é uma coisa que você ama, e procure um bom curso de redação para se aprimorar na escrita. Você é boa. Acredite em você!

Você ainda vai viver muitas alegrias e conseguirá superar todas as tristezas. Aquele seu desejo de trabalhar como missionária será atendido. Vai ser um enorme desafio, mas você vai amar!

Ame seus pais, brigue menos com seus irmãos. Eles te amam. Mesmo que agora eles neguem isso até a morte! Hahaha! Leia mais a Bíblia e aprofunde sua comunhão com Deus. Você não vai se arrepender.

E, por último. Não se desespere por causa da sua pele oleosa e desse cabelo que insiste em não ser liso nem enrolado, não sabe se é seu amigo ou seu inimigo: daqui a algum tempo você vai aprender a usar maquiagem e vão inventar uma coisa milagrosa chamada ESCOVA PROGRESSIVA. Seja forte. Você vai sobreviver até lá!

Tchau, a gente se vê!”


Quem é que não gostaria de ter uma chance dessas, né? De voltar ao passado e tranquilizar aquele adolescente inseguro e desengonçado que você foi? De olhar nos olhos dele e dizer: “Você consegue! Vai ficar tudo bem!”.

Voltar no tempo não é possível. Mas essa experiência de imaginar o que eu diria para mim, há 24 anos atrás, me possibilitou perceber uma coisa: eu amadureci. Amadureci, sobrevivi, e mesmo sem a chance de saber o que viria pela frente, me saí bem em muitas coisas.

Em primeiro lugar devo isso à graça de Deus. Sempre senti a presença e o cuidado dele comigo em todas as fases da minha vida. Em segundo lugar agradeço aos meus pais, que me criaram na igreja e logo cedo me apresentaram a Jesus e ao Evangelho. Eles nos criaram para sermos fortes e conseguirmos superar as dificuldades que a vida colocasse em nossas vidas.

Então percebo que já não preciso ficar presa ao passado e aos erros que cometi. Não preciso ficar ansiosa quanto ao presente nem quanto ao que me espera no futuro. Sigo confiando e entregando tudo nas mãos daquele que tem o controle de tudo em suas mãos, e opera a sua boa vontade e o seu querer em nós.

Siga em frente, Bia, de 36 anos. Não temas, pois estou contigo, diz o Senhor!

“Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos, diz o Senhor”.  Isaías 55:8

Fotografia: sarandy westfall on Unsplash

Escrito por

Mineira, 35 anos, casada há 9 anos com um lindo rapaz que conheceu aos 15, tem um filho de 4 anos que é um "colosso". Ela acredita que tudo isso é muito mais do que merece ou sonhou alcançar. É a graça enorme do nosso poderoso Deus. Atualmente serve ao Senhor na Missão Caiuá, no Mato Grosso do Sul, trabalhando com indígenas. Gosta muito de conversar, escrever e viajar.

28 comentários em “Para Bia, com amor.

  1. Boa tarde! Essa é a Bia minha amiga gente! Que leveza nos fazer refletir num tema tão recorrente! Os conflitos tão “grandes”do passado que hoje olhamos rimos de tão banais diante da maturidade adquirida.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Bia, minha amada prima, você é realmente especial, como diz minha sobrinha: excepcional!
    Lembrar desses momentos outrora vividos, com tanto esmero de detalhes, mostra realmente o quanto você é segura de que a mão do Senhor é constante em sua vida. Amei a lembrança de alguns detalhes, principalmente o da “escova progressiva”.
    Deus ti abençoe e continue ti usando para edificar tantas vidas com seus textos.
    Abraço caloroso.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prima querida!!! Realmente só vencemos porque o Senhor estava ao nosso lado. Com certeza você também escreveria uma linda carta para a Raquel adolescente, não é mesmo??? Obrigada pelas palavras e o carinho de sempre. Beijo!

      Curtir

    1. Oi, prima! Na verdade o blog não é meu. Ele é formado por um grupo bem grande de mulheres. Quando vc quiser conhecer os textos delas, clique em “home” e você verá a lista de todos os textos publicados. Muito obrigada pelas palavras de incentivo. Espero sempre te ver por aqui. Beijo!

      Curtir

  3. Q lindo! Como foi edificada pelo seu texto! Refleti e voltei um pouco mais nos meus 18 anos qdo Jesus veio a mim ! Este foi o melhor período q tive e, mesmo assim, como errei! Bia gostaria, aos quase 60 anos, me encontrar com Jesus que nunca me abandonou! Apesar de tantos erros! E agradecer como faço por tanto amor por mim! Parabéns pelo texto lindo que refleti quão linda você é física e espiritualmente! Como te admiro minha irmã ! Como aprendo com você! Te amo! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  4. Uau Bia! Amei! E me vi em alguns cenários passando por algumas coisas junto com você e a Joice! Como Deus é bom e perfeito e colocou em uma das fases mais decisivas da minha vida amigas pelas quais ele demonstrava o amor e o cuidado dele por mim! Lhe admiro muito..desde aquela época! Obrigada pelo exemplo!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s